O fim das fluorescentes sem graça

A iluminação de ambientes é um ramo do design de interiores que requer atenção, até porque, desde que inventaram a energia, ninguém quer mais ficar preso apenas à luz do sol. Na verdade, as lâmpadas trouxeram uma infinidade de possibilidades, não só práticas, mas estéticas. Só com a iluminação se pode criar um ambiente charmoso, aconchegante, ou hi-tech, ou de balada.

Por isso, dá uma olhada no que se pode fazer com as luminárias que estão cada vez mais criativas!

Lâmpada Titanic – irreverente. Não tem quem não se intrigue com um abajour desse!

Essas aqui são simplesmente escondidas na parede, ou são a própria parede… Bom, é interessante, não é?

Mais uma divertida. Humor negro ou engraçadinha?

Essas são torneiras que são luminárias ou… luminárias que são torneiras?

Essas aqui parecem ser de papel ou estar derretendo, mas na verdade são de concreto. Sim! Concreto moldado pelos designers Miriam Aust e Sebastian Amelung.

Luminárias com toque de criatividade deixam o ambiente ousado e divertido. Tem em forma de sorvete, palito de fósforo, cacho de lâmpadas, tênis…

Você usaria essas luminárias na sua sala?

De uma forma ou de outra, aquelas fluorescentes tão comuns e sem graça já não são a única opção!

 

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado