Vestido para quem precisa trocar de roupa em público

Os homens sempre tiveram mais facilidade em trocar de roupa em ambientes públicos por não ter tanto para esconder. Uma toalha na cintura parece ser o suficiente para a “mágica” acontecer. Já as mulheres… Essas precisam fazer um verdadeiro malabarismo para conseguir tirar a roupa sem deixar o corpo à mostra.

Pensado especialmente para mulheres que vão à praia frequentemente ou fazer exercícios, o Undress foi criado. Trata-se de um produto em desenvolvimento que precisa de financiamento coletivo para ser lançado. Com bolsos laterais e alças funcionais, ele promete trazer mais facilidade na hora de trocar de roupa. Quer ver como funciona?

Assista abaixo:

 

A ciclovia que é uma verdadeira obra de arte

Recentemente a Holanda inaugurou uma ciclovia que brilha no escuro. O projeto assinado pelo designer Dan Roosegaarde foi inspirado na obra “Noite Estrelada” do artista Vincent Van Gogh.

A iniciativa surgiu com o objetivo de incentivar as pessoas a usarem a bicicleta como veículo e com isso diminuir o fluxo de carros.

A pintura utilizada na ciclovia é eletrônica. Isso significa que em casos emergenciais, muita chuva e pouco sol, por exemplo, é possível recarregá-la na eletricidade.

ciclovia-02

ciclovia-01

ciclovia_03

A obra de arte “Noite Estrelada” do artista holandês Vincent Van Gogh.

Deu até vontade de conhecer a Holanda, né? ;)

 

Dispositivos vestíveis: Além do Google Glass

Alguns anos atrás a utilização de acessórios inteligentes parecia fazer parte de um futuro distante ilustrado em filmes de ficção. Relógios, pulseiras e óculos que interagissem diretamente com o ser humano pareciam bons demais para serem verdade.

Mas o avanço da tecnologia trouxe para o presente a realidade dos dispositivos vestíveis. Na medicina, a utilização desses dispositivos não é novidade, mas trazer ao cotidiano das pessoas, ainda era algo inesperado.

GoogleGlass

A gigante Google surpreendeu a todos quando lançou no mercado o Google Glass, mas além dos óculos inteligentes existem outros dispositivos que já chamam atenção dos mais antenados e prometem conquistar um espaço no guarda-roupas do brasileiro. Vamos conhecer?

Meta Space Glasses

16102915888090

Como uma espécie de realidade aumentada, esses óculos prometem criar um mundo holográfico ao seu redor. O acessório é composto de uma série de sensores que permite que o mundo virtual interaja com o mundo real. O modelo ainda não está disponível para venda, mas existe uma fila de espera para quem estiver disposto a pagar o seu preço. Vamos combinar que o seu visual não é o mais atraente, certo? ;)

Fitbit Flex

B00BGO0Q9O_B00BGO0QEO_flex_slate-black_layingdown_300dpi

 

Representando o mercado das pulseiras inteligentes, a Fitbit Flex promete melhorar os seus resultados na prática de exercícios, pois faz um relatório preciso do seu desempenho, para que você possa ter um melhor aproveitamento em treinos futuros.

Samsung Gear Fit

samsung-galaxy-gear-fit-product-photos-14

 

Híbrido, entre relógio e pulseira, o Samsung Gear Fit também faz uma análise do desempenho de quem pratica exercícios. O seu diferencial é a opção de receber notificações e até ouvir música.

Samsung Gear 2

Mobile World Congress 2014 - Day 1

Diferente do Gear fit, o Gear 2 é um relógio inteligente com uma tela touch e pulseira emborrachada. Possui um sensor de batimentos cardíacos e promete oferecer ao usuário conectividade com seu smartphone, sendo possível desenvolver pequenas tarefas do dia a dia através do seu “relógio”. Entre os modelos mais conhecidos, o da Samsung se apresenta como aquele que os consumidores usariam no dia a dia por apresentar um design mais bonito e sofisticado.

Quais desses dispositivos você usaria? :)

Testado e Aprovado: Apaixonada pelo mini iPad

Eu sou loucamente APAIXONADA por Eletrônicos! Daquelas malucas que aguardam ansiosamente cada lançamento de um novo produto e que mandam a irmã, que mora nos EUA, para fila da loja da Apple a fim de garantir a compra (amo, amo, amo).

Com o último iPad nas mãos (com tela retina) e após ter comprado o maravilhoso teclado da Logitech para ele, ou seja, com um iPad totalmente equipado e atualizado, não resisti a tentação e fui atraída totalmente para o mini iPad (senti que ele me chamava e eu fui….heeeeeeeee).

Tchan, tchan, tchan … Resultado:                                                                                                    Ele é apaixonante, lindo, pequeno, leve e perfeitooooooooooo! É um produto que eu super indico, além do mais, tem as qualidades expostas no site, todas testadas e aprovadas.

Vamos conhecê-lo?

hero

* Você pode segurá-lo com apenas uma mão;

* Possui tudo que o ipad tem (câmeras, facetime e iSigh, apps e a bateria dura umas 8 horas);

* Tela de 7,9 polegadas (tamanho perfeito);

* Tem 7,2 mm de espessura. (Para que vocês tenham uma noção, ele é 23% mais fino do que o iPad);

* Pesa 308 g (53% mais leve do que o iPad).

display_hero

 

O mini tem tudo o que faz o iPad ser o que é, só que em tamanho menor. Com apenas 7,2 milímetros ele tem a espessura de um lápis e é tão leve que dá para acomodá-lo facilmente em uma maleta bem pequena e carregá-lo para todo lugar.

thin_hero

 

 

Você merece um GOOGLE GLASS?

O Google, uma das maiores empresas do mundo, lançou na semana passada um acessório revolucionário. Depois da experiência positiva do Google Phone, a empresa apostou em outro objeto de desejo: desta vez, fora do conglomerado da web.

Trata-se do GOOGLE GLASS, a personificação de um velho desejo da humanidade: filmar com os olhos.

Os óculos, filmam, gravam, tiram fotos, compartilham e também se conectam ao vivo via Skype. Eles ainda têm GPS e tradutor para se comunicar em qualquer lugar do mundo, virtualmente ou não. E você não precisa apertar nenhum botão, basta falar “Ok, Glass…”, dar o comando que ele responde.

Veja todas as façanhas aqui;

A sensação de ver um vídeo gravado pelos óculos do Google pode ser “sentida” mais ou menos assim: [clique para assistir ao vídeo]

Porém, não é só com dinheiro que se adquire um Google Glass. Na verdade, além de desembolsar aproximadamente R$ 2.950,00 é preciso merecer os óculos. Como assim merecer?

Basta enviar uma mensagem de aplicação para a empresa pelo Google+ ou pelo Twitter, dizendo o que você faria se tivesse um Glass. E esses são os requisitos:

  • Seu texto de aplicação deve ter 50 palavras ou menos;
  • Você deve incluir #ifihadglass em sua aplicação;
  • Você pode incluir até cinco fotos em sua aplicação;
  • É permitido incluir pequenos vídeos (com no máximo 15 segundos);
  • É necessário seguir o +ProjectGlass no Google+ e @projectglass no Twitter, para que eles possam entrar em contato diretamente;
  • Cada pessoa pode enviar um máximo de três aplicações;
  • As aplicações devem ser enviadas até o dia 27 de fevereiro de 2013;
  • Você deve ter pelo menos 18 anos e morar nos Estados Unidos.

E você, merece ter um Google Glass?


Joia Gigabyte

Untitled-2
Grife de joias suíça, cogumelo, pen drive. Fez sentido pra você?

Para a marca suíça Shawish Jewellery, sim.

A grife criou isso mesmo: um pingente cravejado de pedras preciosas que é um pen drive de 32GB em forma de cogumelo.

Dá pra acreditar?

Olha só quantos modelos:

São lindos mesmo, não é? Para ter um destes basta desembolsar US$ 37.000!

OK, o preço está bem elevado. Vamos abaixar um pouco então. A Swarovski, grife de joias austríaca, também teve a ideia de fazer gigabytes preciosos. A marca se juntou com a Philips e o resultado foi estes pen drives aqui:

Estes são um pouco mais acessíveis. Custam US$ 178.

Massss… se você realmente possui informações valiosíssimas e precisa de mais memória do que 32GB, então, a sua opção é o pen drive todo cravejado de diamantes da tradicional marca suíça de canivetes Victorinox. Ele possui o dobro de memória (64GB) e custa US$ 70.000!

Ficou surpreso com os valores? Nós também. Mas bom, são peças lindas de se ver.

E você, usaria um pen drive no pescoço?

Garfo emagrecedor?

Você tem noção de quantas vezes leva o garfo à boca durante uma refeição?

Estudos comprovam que o cérebro precisa de cerca de 20 minutos para começar a receber o sinal de saciamento, então uma boa dica para emagrecer seria, diminuir a quantidade e a velocidade na hora de comer.

Pensando nisso a empresa francesa Hapilabs criou um garfo, chamado de Hapifork que contém um sensor que identifica a rapidez em que o alimento está sendo ingerido e produz um alerta vibratório auxiliando o usuário a comer mais devagar.

Além disso, o número de vezes que o garfo é levado à boca, e o tempo levado para realizar a refeição, são contados em um aplicativo para celular que registra tudo em gráficos interativos. O garfo já está em pré-venda no site e custa cerca de R$200,00.

Mais informações no site: http://www.hapilabs.com